A minha fotografia
Portalegre, Norte Alentejano, Portugal
Enfermeiro Especialista em Saúde Mental

sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

Suicídio sem Dor?...

Decorrente do post anterior, sublinho que a questão do Suicídio é muito complexa, e manter os "habituais" juízos de valor não ajudam em nada...

Sem querer - naturalmente - eu próprio cair na tentação de entrar no mundo dos juízos de valor, proponho darem uma olhada nestes textos que pode servir (ou não) para reflexão.

3 comentários:

MA-S disse...

Isto do suicídio é muito complexo e controverso.
Se por uma lado, devíamos tentar ser fortes e não nos deixar abater, por outro lado, as pessoas que mandam opiniões sobre como resolver os problemas destas pessoas, não fazem a mínima ideia do que é o sofrimento pela qual elas passam.
Dizer que Deus ajuda, acorda para a vida ou deixa-te de tontices, é tão redutor, e no fim não ajuda em nada, por que no fundo só se está a negar a existência do problema e a frustradar a pessoa. Que na busca de sentido e compreensão encontra alguéns que negam, discrinam, passam ao lado.
Tb é necesário saber distinguir qual a motivação para tal afirmação...sabendo que qualquer sinal de ameaça de suicídio verbalizada ou demonstrada deve ser tida em conta.
Mas...é mt fácil opinar sem conhecer a pessoa em causa.

MA-S disse...

onde se lê frustradar deve-se ler frustrar
onde se lê discrinam deve-se ler discriminam
...
lol

Celso Silva disse...

De facto, o suicídio é muito complexo, e pelos vistos muito mal compreendido, a avaliar por alguns comentários escritos no link deste post.

A MA-S tem razão quando diz que é muito fácil opinar sem conhecer a pessoa em causa, e acrescento, que ainda é mais fácil porque a generalidade das pessoas não reconhece que o acto é sempre decorrente de um grande sofrimento psicológico, e muitas vezes carregado de ambivalência.

A questão que se impõe é saber como vamos ajudar estas pessoas, explorando a eventual ambivalência no pensamento, e como vamos ajudar a pessoa com ideação suicida a encontrar outra solução...